Esta receita de bacalhau é obrigatória de fazer!

O bacalhau foi desde sempre “o fiel amigo” de Portugal, um “must” da cozinha portuguesa. Reza a lenda que há, pelo menos, 1000 formas de o cozinhar, sendo particularmente difícil dizer qual a mais saborosa!

Aqui fica uma sugestão:

 

INGREDIENTES

4 postas de bacalhau

1 molho de grelos

2 tomates maduros picados sem sementes

2 colheres de sopa de alcaparras

4 colheres de sopa de sumo de laranja

Azeite q.b.

Sal q.b.

 

PREPARAÇÃO

Corte quatro quadrados de papel de alumínio. No centro coloque os grelos e por cima o bacalhau.

Por cima do bacalhau deite o tomate picado e as alcaparras. Tempere com sal e regue com o azeite e o sumo de laranja.

Feche o papel de alumínio, em forma de papelote, e leve ao forno durante cerca de 35 minutos a 200 graus.

 

Deixo-lhe aqui outra sugestão do que cozinhar com bacalhau.

 

As origens da história do bacalhau perdem-se no tempo, uma vez que as primeiras fábricas de processamento de bacalhau surgiram na Noruega e na Islândia no séc. IX!
No entanto, foi no séc. XV que os Portugueses começaram a comercializar bacalhau.
O bacalhau salgado e seco conservava-se mais de três meses nas expedições marítimas, sem perder proteínas ou nutrientes, o que era ideal nesta época!
Os Portugueses foram os primeiros a pescar bacalhau na Terra Nova, no séc. XV. Nesse tempo, o bacalhau representava já 10% do comércio de peixe em Portugal.

A cidade de Ílhavo, situada a 8 km de Aveiro possui uma enraizada tradição marítima e o bacalhau assume-se como o baluarte desta bela cidade costeira. Todos os anos, em Agosto, o município organiza o popular Festival do Bacalhau, atraindo imensos visitantes à cidade. Para além da gastronomia, este festival apresenta também um cartaz de concertos e exibições marcantes!

O Museu Marítimo de Ílhavo é um verdadeiro ícone da arquitetura, desenhado pela prestigiada dupla de arquitetos Nuno Mateus e Pedro Mateus que também foi nomeado para o Prémio Mies van der Rohe, em 2003.
Este museu surpreendente é um dos mais visitados na região Centro de Portugal.

O Museu Marítimo de Ílhavo conta a história da pesca em alto mar na Terra Nova e na Gronelândia, assim como na ria de Aveiro. A Sala dos Mares apresenta um acervo interessante de instrumentos náuticos e de miniaturas de embarcações antigas. Deverá prestar especial atenção à coleção da pesca do bacalhau, verdadeiramente deslumbrante!

FONTE

 

 

(Visto 1.217 vezes)

Comentários