Já é quase Halloween! Faltam apenas três dias para esta festa que se comemora, hoje em dia, pelo mundo inteiro e que faz com que milhares de pessoas encarnem personagens tenebrosas como bruxas, múmias, esqueletos ou vampiros. Muitos se questionam acerca do verdadeiro significado desta data e da sua origem… Mas será que você está à espera das curiosidades que eu tenho para lhe contar?

A expressão “Halloween” é, na verdade, uma forma mais rápida de se dizer “All Hallow’s Eve”, que significa “noite de todos os santos”.

Esta data marcava o Samhain, o Ano Novo Celta, o início do outono no hemisfério norte e a véspera do Dia de Todos os Santos. Não há registos escritos por parte dos celtas e as tradições foram passadas de geração em geração oralmente, mas acredita-se que este povo usava objetos assustadores nas suas casas neste dia porque pensavam que os espíritos dos mortos se levantavam e saiam em busca dos vivos para ficarem com os corpos deles. Os objetos tenebrosos serviam, assim, para assustá-los, sendo que foi mesmo daí que surgiu a expressão “doçuras ou travessuras”.

Halloween

Um dos elementos mais marcantes desta festa é a abóbora. Tudo porque, segundo o folclore irlandês, um alcoólatra chamado “Jack O’Lanter” bebeu demasiado no dia 31 de outubro e o diabo veio buscar a sua alma. No entanto, Jack conseguiu enganá-lo e viveu durante mais algum tempo. No entanto, quando morreu, não foi admitido no céu, mas o diabo também não o aceitou. Assim, Jack ficou a deambular pela noite escura com uma brasa de carvão que usou num nabo esculpido que funcionava como lanterna. Com o tempo, as pessoas foram desenhando rostos assustadores em nabos, batatas e abóboras, para afugentar Jack e outros espíritos malignos.

Halloween

Nem os animais de estimação ficam livres de estar associados a este dia, sendo que o gato ganhou mesmo má fama em lendas antigas, pois dizia-se que as bruxas o transformavam num animal de cor preta. Alguns acreditavam mesmo que estes “bichanos” eram os espíritos dos mortos.

No que toca ao Halloween tal como conhecemos nos dias de hoje, devemos considerar que surgiu no século XIX, quando os irlandeses implantaram  festa nos Estados Unidos. Este dia passou a estar mais associado a uma festa infantil tradicional, na qual as crianças se fantasiam e pedem doces de casa em casa dizendo “tricks or treats” (doces ou travessuras). A data é tão importante nos Estados Unidos que lá até é feriado, sendo que o número de vendas dispara imenso devido às máscaras, fantasias, abóboras e doces.

Como vê, o Halloween representa uma série de fatores que torna esta data bastante curiosa e até mesmo histórica. Ainda estou indeciso quanto ao que vou vestir na segunda-feira, mas ando a ponderar usar um fato de vampiro que tenho ali no armário… Resta saber se me serve!

 

Happy Halloween!

 

 

 

(Visto 380 vezes)

Comentários