O meu pão-de-ló de eleição é o de Ovar! Quem prova o pão-de-ló de Ovar não quer outra coisa, e a verdade é que a consistência única e o sabor, são capazes de por as minhas papilas gustativas a saltar cada vez que o provo.

Em 1700, o pão-de-ló era dado como oferta aos oradores sacros que visitavam Ovar. Apenas algumas famílias sabiam a receita do doce, então para as outras pessoas que não tinham a receita pudessem apreciar esta iguaria, compravam os ingredientes e levavam a quem sabia a receita, para confecionar o pão-de-ló! O seu fabrico era feito em alguidares de barro vermelho e cozido em caçarolas de barro forradas de papel branco. Com o passar dos anos algumas das famílias que tinham a receita original fizeram da confeção do pão-de-ló de Ovar um negócio rentável, e também fizeram com que este doce fosse conhecido quer a nível nacional, quer internacional.

E que tal se eu partilhar a receita que me enviaram desta iguaria?

Receita de pão-de-ló de Ovar

Ingredientes:

-12 gemas

-4 ovos

-250 gr de açúcar

-125 gr de farinha de trigo sem fermento

 

Preparação:

Num recipiente, junte as gemas com os ovos e o açúcar e bata.

Depois de obter uma mistura homogénea, envolva a farinha.

Agora é só colocar a massa numa forma redonda, previamente untada com manteiga e forrada com papel vegetal.

Leve ao forno pré-aquecido nos 180 graus durante aproximadamente 10 minutos. Retire o pão-de-ló do forno e deixe-o repousar durante 4 horas dentro da forma.

Passado o tempo de repouso, retire o pão-de-ló da forma, mas mantenha a envolvência do papel vegetal.

 

Se gosta de doces tradicionais, veja a receita das tortas de Azeitão, aqui.

(Visto 8.040 vezes)

Comentários