Leve a sua cozinha a viajar até Coimbra e deixe-a envolver-se com o doce tradicional arrufadas de Coimbra.

Depois das noivas de Santo António, começam a surgir os casamentos e com eles aparecem as arrufadas de Coimbra. Não sabe do que estou a falar? As arrufadas são mais um doce tradicional português, desta vez vindo de Coimbra. É utilizado como prenda de casamento e ainda hoje muito visto na estação de comboio. Quer esteja para casar ou não, é um doce que está aprovado para o ano inteiro. Se Coimbra não faz parte dos seus planos num futuro próximo, deixo-lhe aqui esta receita, que foi partilhada comigo e que partilho consigo para que o resto da sua semana seja ainda mais doce!

Receita de arrufadas de Coimbra

Ingredientes:

-1 kg de farinha sem fermento

-250 gr de açúcar

-5 ovos

-1 dl de leite

-7 gr de fermento

-1 colher de chá de canela

-200 gr de margarina

 

Preparação:
Primeiramente, comece por aquecer o leite até ficar morno. De seguida, desfaça o fermento no leite e adicione-o à farinha.
Derreta a margarina e junte-a ao preparado anterior. Depois, una com os ovos, o açúcar e a canela. Após essa junção, envolva tudo muito bem e faça várias formas de bolas.

Posteriormente, deixe as bolas a levedar cerca de uma hora para a massa crescer.
Com as quantidades apresentadas, é possível formar 4 arrufadas de Coimbra, em que depois, tem de retirar uma pequena porção de massa para se aproveitar um pequeno rolinho para enfeitar o cimo da arrufada.

Depois, deixe a arrufada a levedar durante mais uma meia hora e pincele-a com uma gema de ovo misturada com um pouco de leite. Agora, já pode levar ao forno a 200 graus.

As arrufadas para ficarem no ponto, precisam de cozer cerca de 30 minutos.

Se doces tradicionais são a sua praia, mergulhe na receita dos pastéis de nata que partilhei anteriormente aqui.

(Visto 197 vezes)

Comentários