A massa caseira vale mesmo a pena

Houve já quem me tivesse dito que, se dou tanto valor à comida italiana, devia dar valor à massa caseira. A verdade é que lhe dou o devido valor, mas tento sempre tornar as receitas o mais simples possível para que se possam fazer em casa.
Porque é que acha que lhe dou receitas de pizza fáceis e simplifico o esparguete à carbonara?

Receita de massa caseira
Ingredientes:

– 500 gr de farinha
– 5 ovos grandes
– 5 ml de sal

Preparação:

Verta a farinha e o sal para uma superfície limpa e faça um buraco no centro. Coloque os ovos no buraco, e bata-os levemente com um garfo até que as gemas e claras fiquem misturadas. Cubra o buraco com farinha e espere que o ovo engrosse um pouco antes de trabalhar a massa com as mãos.
Trabalhe a massa até que a farinha e os ovos se misturem. Junte mais farinha se necessário.
Continue a amassar até que a mistura fique suave.
Depois, divida-a em seis bocados iguais. Pegue num desses bocados e trabalhe-o com os dedos e com a palma das mãos. Em seguida, enrole a massa restante.
Polvilhe a superfície com farinha e estenda a massa com o rolo até que fique uniforme e fina.
Corte as bordas de ambos os lados da massa, dando-lhe uma forma retangular.
Enrole a massa à volta do rolo e retire-o de imediato.
Com uma faca muito afiada, corte a pasta enrolada.
Abra as tiras deixe-as secar cerca de 2-3 horas, mas se quiser comer rapidamente, polvilhe-as com farinha e faça pequenos ninhos. Espere um pouco e estará pronto para cozinhar.
Coza 500 gramas de pasta fresca em quatro litros de água a ferver com sal durante cerca de 3-4 minutos.

A massa caseira conservar-se-á perfeitamente durante 3-4 dias num recipiente hermeticamente fechado.

Depois, pode sempre usá-la para preparar um spaghetti al pomodoro, típico de Itália, ou viajar para outros lados com um esparguete de caril!

(Visto 180 vezes)

Comentários