Com estas cascatas secretas, o nosso país prova, mais uma vez, que é mesmo lindo!

É tão certo como eu adorar preparar doces: mal chega o verão, todos nós temos uma imensa vontade de partir à descoberta do melhor que o nosso país tem! Quem é que pode resistir em dar um pequeno salto até ao Gerês e, depois de andar pelo seu lindo passadiço, se refrescar nas cascatas desta região? Mas desengane-se se julga que não há muitas mais cascatas de sonho para encontrar em Portugal! Aliás, até existem cascatas secretas e tudo!

3 cascatas secretas para descobrir neste verão!

1. Cortes do Meio, na Covilhã

Estas é que são mesmo umas cascatas secretas, porque… não ficam a caminho de lado nenhum! Ao chegar a Cortes do Meio, caminhe pela serra até chegar à zona de banhos. Como não encontra vivalma, o melhor é perguntar na aldeia o que tem de fazer para chegar à zona da “bouça”, antes de começar a andar pelo caminho de terra batida.

2. Fisgas do Ermelo, em Mondim de Basto (Vila Real)

Esta queda de água é uma das maiores em Portugal. Além de possibilitar muitos saltos verticais no decorrer de 200 metros, oferece um grupo de lagoas durante o curso de água. Para lá chegar, dirija-se à Aldeia de Ermelo, onde se inicia o Trilho das Fisgas, que nos leva até ao centro da Serra do Alvão. Trata-se de um percurso circular, com 12 quilómetros e bem sinalizado, apesar de contar com um piso incerto.

3. Poço do Bacalhau, Ilha das Flores (Açores)

A minha terra natal não podia ficar de fora, não é? Mas o destaque que dou a esta cascata não é só por motivos sentimentais ou familiares… É que ela é mesmo linda e é uma das maiores em Portugal! Localizado na Ribeira Grande, na freguesia de Fajãzinha, o Poço do Bacalhau mede 90 metros e tem muita vida botânica por descobrir!

(Visto 108 vezes)

Comentários