Será que este exame de sangue é o começo do fim desta doença?

Embora seja uma doença transversal e que parece que atinge cada vez mais gente, o cancro pode ser prevenido ou, pelo menos, ser detetado o mais cedo possível. Para isso, é importante seguir um regime alimentar recomendável e ficar atento às últimas inovações da ciência… Por exemplo, sabia que, em breve, um exame de sangue vai conseguir descobrir qualquer tipo de cancro dez anos antes de a doença se manifestar?

É verdade: em dois anos, um simples exame de sangue pode conseguir detetar qualquer tumor uma década antes que este se manifeste no nosso corpo. Este exame é conhecido como “biópsia líquida” e é capaz de analisar de forma extensa o DNA que existe no sangue, o que permite a previsão de qualquer sintoma de um eventual tumor.

Este procedimento ainda está a ser desenvolvido nos Estados Unidos da América, segundo o jornal britânico Daily Mail. Mas, até agora, os investigadores já fizeram o teste para diagnosticar 161 pessoas com cancro nos pulmões, na próstata ou na mama.

Os resultados são surpreendentes: 90% dos exames estavam corretos! Nos tumores mais difíceis de identificar, como acontece com o do pâncreas, o resultado é inferior, de 55%, mas não deixa de ser uma boa notícia, porque este tipo de tumor apenas é identificado em estágios mais avançados.

A destacar ainda que a “biópsia líquida” consegue detetar qualquer tumor, em qualquer parte do corpo. E, se tudo correr bem, os investigadores acreditam que esta análise pode ser encarada como um exame de rotina. Tal e qual como aqueles que são feitos para controlar o colesterol e a pressão arterial.

Além disso, os pesquisadores têm a expetativa de que a quantidade de mortes causadas pelo cancro deve baixar para metade.

(Visto 128 vezes)

Comentários