Ia preparar mesmo agora uma receita com gengibre? Atenção! É melhor ler isto antes…

Não é de estranhar que eu prepare tantas receitas com gengibre e não hesite em partilhá-las consigo. Não é mesmo nada estranho. É que esta especiaria – que rende bolachas irresistíveis e um chá com um toque especial – conta com inúmeras vantagens para a saúde. Inclusive, ajuda-nos a perder peso.

Só que nem todas as pessoas podem provar gengibre! Surpreendido? Descubra se faz parte da lista…

4 tipos de pessoas que devem evitar o gengibre

1. Pessoas que tenham complicações no sangue

Nem imagina como o gengibre pode ser prejudicial para que tem hemofilia, isto é, para aquelas pessoas que não têm uma correta coagulação de sangue. Veja lá: o gengibre até é capaz de neutralizar os efeitos de um medicamento que esteja a ser tomado para controlar a situação!

2. Pessoas que estejam abaixo do peso ou que sofrem de anorexia

Tal como disse antes, o gengibre ajuda-nos a perder peso. E isso acontece graças à ação da fibra, que nos mantém saciados durante mais tempo. Mas o gengibre não se fica por aqui: afinal, o ingrediente também contém umas enzimas que tornam a nossa digestão mais rápida e eficiente.

Por todos estes motivos, deve ser evitado por aqueles que querem aumentar de peso ou pretendem manter um IMC saudável.

3. Grávidas

Sabia que a raiz de gengibre pode impulsionar o trabalho de parto ou induzir contrações? De resto, o alimento é capaz de fazer com que o corpo das grávidas pare de absorver certas vitaminas fundamentais para a saúde do feto.

Daí que seja aconselhável evitar gengibre até ao terceiro trimestre de gestação, para que não aconteçam hemorragias ou abortos espontâneos.

4. Pessoas que tomam medicamentos para a diabetes e hipertensão

Revê-se neste perfil? Antes de tomar gengibre, aconselhe-se com um médico experiente e especializado!

(Visto 541 vezes)

Comentários