Ora aqui está uma receita para preparar e partilhar com quem mais gosta: pão-de-ló de Ovar!

Muito mais do que viajar para um mundo de sabores únicos e irresistíveis, sentarmo-nos numa mesa e provarmos uma receita de cinco estrelas pode ser aquele passaporte de que precisamos para viajar no tempo e na História. É o que me acontece sempre que saboreio esta receita de pão-de-ló de Ovar.

Viajo mais propriamente para 1700. É que, nessa data, esta receita era bastante popular! Afinal de contas, o pão-de-ló era dado como oferta aos oradores sacros que visitavam Ovar. Apenas algumas famílias sabiam a receita do doce, então para as outras pessoas que não tinham a receita pudessem apreciar esta iguaria, compravam os ingredientes e levavam a quem sabia a receita, para confecionar o pão-de-ló! O seu fabrico era feito em alguidares de barro vermelho e cozido em caçarolas de barro forradas de papel branco.

Entretanto, o pão-de-ló de Ovar tornou-se conhecido não só em Portugal, mas também em todo o mundo! E eu faço questão de partilhar consigo a receita que me enviaram há já algum tempo!

Receita de pão-de-ló de Ovar
Ingredientes:


– 12 gemas
– 4 ovos
– 250 gr de açúcar
– 125 gr de farinha de trigo sem fermento

Preparação:

Numa tigela, coloque as gemas, os ovos e o açúcar e bata.
Após ficar com um preparado uniforme, envolva a farinha.
Ponha a massa numa forma redonda, já untada com manteiga e forrada através de papel vegetal.
Coloque no forno já aquecido nos 180º C ao longo de cerca de 10 minutos. Tire o pão-de-ló do forno e deixe que repouse no decorrer de quatro horas no interior da forma.
Após passar esse tempo de repouso, tire o pão-de-ló da forma, mas mantendo a envolvência do papel vegetal.

(Visto 1.475 vezes)

Comentários