Que história incrível! E que exemplo inspirador que é este engenheiro!

Com o verão a chegar, nunca é demais relembrar: diga sempre “não” ao abandono de animais! Nunca se esqueça de que eles são mesmo os nossos melhores amigos, acompanhando-nos nos momentos de tristeza e de alegria. Mas mais do que palavras, esta mensagem deve ser passada e reforçada com gestos. Gestos que nos recordem a forte cumplicidade que existe entre humanos e animais e as consequências da quebra dessa cumplicidade com um infeliz (e imperdoável) abandono. É o caso da história de um engenheiro da Bolívia, Fernando Kushner.

Fernando era um especialista em Marketing e em Relações Públicas que tinha uma vida profissional bem-sucedida. Até que um simples gesto lhe mudou a vida completamente: tudo aconteceu no dia em que Fernando alimentou Choco, um cão abandonado, que vivia na rua. Foi a partir desse momento que o engenheiro trocou todos os luxos pela missão de salvar cães abandonados.

Sendo assim, desde 2016, Fernando percorre vários distritos da Bolívia para alimentar quase 300 animais. O dia dele inicia-se pelas 5 horas da manhã em La Paz, uma cidade do país, onde recolhe a comida doada por alguns restaurantes, que se junta a uma ração comprada por ele mesmo.

Depois, seguem-se duas a três rondas de entrega de comida por dia. E cada cãozinho recebe uma porção de frango e petiscos. A jornada só termina às 22 horas.

Toda esta ação faz parte da campanha “Alimente cãezinhos de rua”, criada pelo próprio Fernando e que conta com o apoio de relevantes marcas, restaurantes, artistas, desportistas…

“O que damos, acabamos por receber. E isso faz-me feliz. Eu sou muito mais feliz a dar do que a receber. E o que é que eu recebo deles? Muita proteção, o seu amor… o carinho que me dão e que é difícil de expressar”, fala Fernando sobre esta experiência única.


(Visto 99 vezes)

Comentários